Buscar
  • Mestre Eduardo Gerken

Shaiva Yoga e Meditação

Atualizado: 16 de Dez de 2019


Namastê!


A espiritualidade saudável no Shaiva Yoga significa saúde física e mental, onde predomina o equilíbrio e o discernimento, a felicidade e a bondade. O organismo como um todo, forma e molda os pensamentos, as tendências, as intenções e as ações. A prática diária do Yoga desenvolve impressões positivas para que a semente dos pensamentos possa gerar sempre bons frutos nessa rápida jornada da vida.


Os "indriyas" ou os sentidos são os mecanismos de atenção e comunicação da alma com o mundo. A sensação da vida é receptiva e as experiências são impressas na consciência que surge da identidade do mundo externo para "ahamkâra" ou o ego, a memória e as funções mentais respondem criando suas referências. A repetição de experiências tem base na formação dessas tendências e ações que moldam os princípios individuais, as impressões ou "samskâras" na personalidade e nas raízes mais profundas do caráter.


Hatha Yoga, Raja Yoga e Laya Yoga


No Shaiva Yoga as práticas externas são realizadas em diferentes sequências de exercícios de reequilíbrio que trabalham: 1º as articulações, 2º órgãos internos e abdome, 3º controle do estresse e consciência corporal, 4º mobilidade do quadril e coluna, 5º flexibilidade e equilíbrio, 6º força e resistência. Assim o praticante está apto a desenvolver as 10 classes de técnicas corporais ensinadas passo a passo em 3 divisões.

As práticas externas são realizadas a partir dos exercícios que tratam de desfazer os pontos de tensão e desenvolver a força suficiente para evoluir do Hatha Yoga, com seus aspectos corporais, para o Laya Yoga, com a consciência do som interno e da energia interna.


Assim, todos os princípios do Raja Yoga, com as suas técnicas contemplativas, ensinam que a ética e o poder de concentração é o que formam a base da consciência e fortalecem a mente para a meditação no Laya Yoga.


Após o domínio da posição ou "ásana", estando com a coluna reta e estável, vem o controle da respiração ou "prânayâma" de forma harmoniosa, lenta, profunda, e a capacidade de uma retenção de ar de forma natural com uma expiração completa e sem grandes esforços , de forma que os ciclos se completem assimilando “prâna” ou energia vital para que posteriormente seja controlado nos meridianos (nadís) ou hemisférios.


As técnicas respiratórias, além dos grandes benefícios para a saúde, promovem a unificação das polaridades internas onde a atenção é interna e central em “sushûmna”. Os Indriyas ou sentidos funcionam a partir da consciência interna através de “pratyarâra” ou seja, sem a identificação com o que é percebido externamente. Nesse estado, o yogi poderá se concentrar sem que hajam dispersões e nem associações de pensamentos e suas ramificações, a mente está absorta em seu objeto ou tema de concentração.





38 visualizações

Fale Conosco

R. Benjamin Constant, 386 - Centro.

Curitiba PR.

shaiva.contato@gmail.com  |  Telefone (41) 3079 84 03 WhatsApp: (41) 99175 29 84

  • Facebook Shaiva Yoga
  • Instagram Shaiva Yoga